Direito Desportivo

Por que se preocupar com aposentadoria de atletas

agosto 7, 2019
Por que se preocupar com aposentadoria de atletas
Tempo de leitura 3 min

A aposentadoria de atletas é um assunto urgente e que merece uma atenção especial por parte dos profissionais e empresários. Trata-se de um tema pouco discutido e que acaba gerando um sentimento muito forte de perda, tanto no atleta quanto em todas as pessoas envolvidas com o mesmo, já que normalmente ela é prematura.

Grande parte dos atletas não percebe a importância do planejamento e de como a aposentadoria é um tema sempre muito próximo, inclusive em razão dos riscos de lesão e de eventual necessidade de interromper a carreira mais cedo.

Pensando nisso, desenvolvemos este post com algumas informações importantes sobre como funciona a aposentadoria de atletas, por que é importante se preocupar com ela e como se planejar para garantir a segurança financeira do profissional e dos seus dependentes. Acompanhe!

Como funciona a aposentadoria de atletas?

A aposentadoria é um assunto que vem sendo amplamente discutido nos últimos meses, em razão da reforma da previdência, que está em debate na Câmara e no Senado. O benefício de aposentadoria tem como objetivo viabilizar o afastamento remunerado de uma pessoa após ela ter colaborado para a Previdência Social durante um determinado período de tempo.

Atualmente, existem quatro tipos de aposentadoria: a aposentadoria por tempo de contribuição, por idade, especial e por invalidez.

De forma geral, a carreira de um atleta começa cedo e não costuma ir muito além dos trinta anos. Isso acontece porque esses profissionais têm uma rotina que inclui um alto nível de esgotamento físico e mental.

A legislação não diferencia atletas de outros trabalhadores, por isso, as regras aplicáveis a eles são as mesmas que se aplicam a toda população. Dessa forma, além de contribuir para a Previdência Social, é importante que os atletas façam um planejamento financeiro particular.

Powered by Rock Convert

Por que é importante se preocupar com ela?

Como mencionamos, a carreira de um atleta costuma ser mais curta. O esgotamento físico e mental, além do avanço da idade, são fatores que contribuem para que a rentabilidade diminua após os trinta anos, o que faz com que os atletas se afastem da prática profissional mais cedo.

Para garantir a segurança financeira do profissional e das pessoas que eventualmente dependam dele, é importante se planejar desde cedo, investindo em ações específicas voltadas para o investimento de capital e a busca por ocupações que possam complementar a renda.

Qual a importância do planejamento da aposentadoria de atletas?

Ter tranquilidade na aposentadoria pode não ser tão simples quanto parece. De forma geral, o nível de vida dos atletas é alto e isso demanda uma disponibilidade financeira que não é tão fácil de ser mantida.

Por isso, a melhor forma de garantir a proteção durante a aposentadoria é guardando dinheiro. Além da Previdência Social, existem opções de previdência privada que podem ser muito interessantes se você tiver condições de bancá-la.

O atleta precisa ter em mente que o dinheiro deve ser guardado desde o início da carreira, por isso, pagar um plano de aposentadoria privado, ter um fundo para emergências e buscar o mercado de investimentos são ações que devem ser orquestradas de forma inteligente e prematura.

Com o planejamento, o atleta terá mais segurança caso algum problema aconteça e ele precise encerrar a sua carreira antes do planejado. Além de guardar dinheiro, ter um segundo plano de carreira é importante, até porque o atleta jovem não deve parar de trabalhar em razão de uma lesão. É possível buscar recolocação no mercado e continuar contribuindo para a sociedade, mesmo que não seja mais como atleta profissional.

Você tem alguma dúvida sobre aposentadoria de atletas? Deixe um comentário no post!

Contato EspecialistaPowered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário