Orientações Gerais

O que é e como funciona o bolsa atleta? Saiba aqui!

junho 29, 2020
como funciona o bolsa atleta

Saber como funciona o bolsa atleta pode ser um grande benefício para o esportista. Trata-se do maior incentivo direto ao atleta no mundo, e é mantido pelo governo brasileiro desde 2005. Com ele, os esportistas com bons resultados em competições nacionais ou internacionais passam a receber uma quantia, assim podem se dedicar com exclusividade à atividade desportiva.

Ao longo de todos esses anos, o programa já passou por algumas alterações, portanto, se você ainda não sabe como funciona o bolsa atleta, confira o nosso post e tire todas suas dúvidas acerca desse importante projeto brasileiro.

Como funciona o bolsa atleta?

A concessão da bolsa não é automática, é necessário o envio da documentação correta para o Ministério do Esporte a fim de identificar se faz jus ao valor ou não. Caso aprovado, o dinheiro é depositado em conta específica da Caixa Econômica Federal. Os requisitos exigidos são:

  • ser um atleta de alta performance;
  • ser maior de 14 anos;
  • ter alcançado bons resultados sem intermediário;
  • estar matriculado em uma instituição de ensino pública ou privada ou ser vinculado a alguma entidade de prática desportiva.

No entanto, é importante ficar atento, pois as regras mudam anualmente e são sempre divulgadas no portal do Ministério dos Esportes. Logo, se você tem interesse na bolsa, não deixe de confirmar todas as informações no site oficial.

Com a entrada em vigor da Lei 12.395/2011, também passou a ser permitido aos atletas receberem patrocínios privados, para melhorar ainda mais sua condição e oferecer resultados positivos ao país.

Quais são as categorias do bolsa atleta?

Entender como funciona o bolsa atleta vai além de sua finalidade. Isso, pois o programa conta com diferentes categorias, e o valor a ser recebido dependerá de qual delas você faz parte. Para entender um pouco mais, explicamos nos tópicos abaixo.

Categoria de base

Essa é a categoria de entrada no bolsa atleta e é destinada aos adolescentes com idade entre 14 e 19 anos. A quantia do benefício é de R$370,00 por mês. Além de comprovar os seus rendimentos e estar ligado a alguma entidade desportiva, também deverá ter competido no ano anterior ao da solicitação da bolsa.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Categoria estudantil

É voltada aos esportistas entre 14 e 20 anos, o valor é igual ao da categoria anterior. A diferença entre ambas, além do limite de idade, é a necessidade de provar a matrícula em uma instituição de ensino, como o nome sugere, entre outros requisitos já citados.

Categoria nacional

Para conseguir tal benefício, é preciso ser maior de 14 anos, filiado a uma entidade desportiva e a uma federação ou confederação estadual ou nacional. Ainda, no ano anterior à solicitação da bolsa, deve ter competido no evento máximo nacional de sua categoria e ter ficado até no mínimo em terceira colocação, além de se comprometer a treinar pelos próximos três anos. Caso seja aprovado, receberá o valor de R$925,00.

Categoria internacional

O valor da bolsa atleta para a categoria internacional é de 1.850,00 por mês. Os requisitos são os mesmos da anterior, com a diferença de que, nesta, o esportista deve ter obtido pódio em disputas de campeonatos mundiais, pan-americanos ou sul-americanos.

Categoria olímpico/paraolímpico

Para receber essa ajuda, é necessário ter pelo menos 14 anos, estar vinculado a um clube desportivo e filiado à entidade de administração de sua modalidade, estadual e nacional. O valor do benefício é de R$3.100,00 por mês. Também deve estar integrado como atleta da delegação brasileira nas últimas edições dos jogos olímpicos ou paraolímpicos e se comprometer a continuar treinando e competindo pelos próximos 3 anos.

Categoria pódio

Os atletas da categoria pódio podem receber de R$5.000,00 a R$15.000,00 e precisam comprovar sua classificação entre os 20 melhores do mundo dentro da sua modalidade.

Agora que você já sabe como funciona o bolsa atleta, saiba que esportistas como a judoca Rafaela Silva, a velocista Terezinha Guilhermina e o nadador Daniel Dias são apenas alguns dos medalhistas brasileiros beneficiados pelo programa. Logo, a dedicação e o foco são imprescindíveis para que o próximo nome estampado nos pódios das mais disputadas competições seja o seu.

Gostou do nosso post? Então compartilhe-o nas redes sociais e ajude outros atletas a realizarem os seus sonhos.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply