Noticias

Dopagem no desporto: implicações legais e combate ao uso de substâncias proibidas

julho 7, 2023
Dopagem no desporto
Compartilhe este conteúdo

A dopagem no desporto envolve o uso de substâncias ou métodos proibidos para melhorar o desempenho atlético. Ela é considerada uma prática antiética, prejudicial à saúde e passível de punição. 

O objetivo do esporte é promover uma competição justa, baseada no talento, no treino e no esforço dos atletas. Em vista disso, a dopagem vai contra esses princípios fundamentais. Leia para entender melhor!

Como funciona a dopagem no desporto?

A dopagem no desporto, também conhecida como doping, refere-se ao uso de substâncias proibidas ou a adoção de métodos não autorizados para melhorar o desempenho atlético. Essas substâncias e métodos podem incluir desde esteroides anabolizantes até hormônios de crescimento, estimulantes, diuréticos, manipulação genética, entre outros.

O objetivo principal da dopagem é aumentar a força, a resistência, a velocidade ou a recuperação dos atletas. Assim, então, proporcionando uma vantagem competitiva injusta em relação aos seus oponentes. 

Por isso, a dopagem é considerada uma prática antiética e é estritamente proibida na maioria das competições desportivas, tanto a nível nacional como internacional. Além disso, a dopagem compromete os princípios de fair play e integridade do desporto, uma vez que viola as regras estabelecidas para garantir uma competição justa e equitativa.

Dopagem no desporto

A utilização de substâncias dopantes pode, inclusive, acarretar diversos riscos para a saúde dos atletas, incluindo efeitos colaterais graves e até mesmo risco de vida. Para combater a dopagem, existem organizações antidopagem que realizam testes regulares para detectar o uso de substâncias proibidas nos atletas. 

Essas organizações, como a Agência Mundial Antidopagem (WADA), estabelecem listas de substâncias proibidas e aplicam sanções aos atletas que são pegos dopando-se, incluindo suspensões e desqualificações.

Quais são as implicações legais no Brasil?

As implicações legais relacionadas à dopagem no desporto podem variar tanto no Brasil quanto no exterior. Vamos começar explicando como funciona no Brasil.

Leia mais:  Contratos Desportivos: Como a Maria Pessoa Ajuda Atletas a Negociar Termos Justos e Equitativos

No Brasil, a dopagem no desporto é considerada uma infração às regras desportivas e pode resultar em punições tanto administrativas quanto criminais. A Lei nº 9.615/1998, conhecida como a Lei Pelé, estabelece as normas gerais sobre desporto no país e prevê sanções disciplinares para os atletas pegos dopando-se, como suspensões e desqualificações.

Além disso, o Brasil possui a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), uma entidade responsável por coordenar e implementar as políticas antidopagem no país. A ABCD realiza testes de dopagem, investigações e processos disciplinares para combater a dopagem no desporto brasileiro.

No âmbito criminal, a dopagem também pode ser tratada como um crime no Brasil, caso envolva a produção, o comércio ou a distribuição ilegal de substâncias dopantes. A Lei nº 13.756/2018 estabelece punições criminais para essas atividades, incluindo penas de prisão e multas.

Quais são as implicações legais no exterior?

A nível internacional, a dopagem no desporto é regulamentada principalmente pela Agência Mundial Antidopagem (WADA) e pelo Código Mundial Antidopagem. A WADA é uma organização independente responsável por estabelecer as regras antidopagem em escala global e coordenar os esforços de combate à dopagem.

Dopagem no desporto

Os países estrangeiros geralmente adotam o Código Mundial Antidopagem e incorporam suas disposições em suas legislações nacionais. As punições para a dopagem no desporto podem variar de acordo com a legislação de cada país, mas geralmente incluem suspensões, desqualificações e multas.

Em alguns países, a dopagem no desporto também pode ser considerada uma infração criminal, especialmente quando envolve atividades ilegais, como a produção e o comércio de substâncias dopantes. As leis criminais relacionadas à dopagem variam de país para país e podem impor penas de prisão, multas e outras sanções.

É importante ressaltar que as implicações legais podem diferir em cada jurisdição, e as informações fornecidas aqui são apenas uma visão geral. Recomenda-se que atletas e envolvidos no desporto consultem a legislação específica do seu país e as regulamentações desportivas aplicáveis para obter informações detalhadas sobre as implicações legais da dopagem no desporto.

Leia mais:  Proteção de Marcas e Direitos de Imagem no Esporte: Como a Maria Pessoa Salvaguarda Interesses de Atletas e Clubes

Se você deseja saber mais sobre direito desportivo, convidamos você a visitar nosso blog, onde você encontrará informações abrangentes e atualizadas sobre o assunto!

Você sabe com quantos anos o menor pode assinar um contrato como jogador de futebol? Você sabe quais os direitos trabalhistas que o jogador de futebol possui? Nós, da Advocacia Maria Pessoa estamos à disposição para te auxiliar! Somos um escritório de Advocacia com assessoria jurídica desportiva especializada que conta com profissionais capacitados para as mais diversas demandas. Atuamos na área do Direito Desportivo, Direito Trabalhista, Direito Cível, Direito de Família e Direito Previdenciário. Podemos te auxiliar? Entre em contato conosco e agende sua visita em nosso escritório: (11) 2403-3180, (11) 97053-3654 (Whatsapp), e-mail: maria.pessoa.lima@terra.com.br . Ficaremos honrados em atendê-lo!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply