Orientações Gerais

O que é um scout e como trabalham os olheiros de times europeus

outubro 25, 2021
O que é um scout e como trabalham os olheiros de times europeus
Compartilhe este conteúdo

Copa São Paulo de Futebol, Campeonato Sul-Americano, campeonatos regionais, torneios locais… Enfim, onde há uma competição de futebol de base, provavelmente tem também um scout de clube europeu trabalhando.

No entanto, você sabe o que é um scout? Além disso, sabe como trabalham esses profissionais ligados aos clubes europeus? Acompanhe e entenda!

Quem são os scouts de times europeus?

scout

Primeiramente, saiba que scout, entre seus variados significados, pode ser definido como uma espécie de olheiro. Ou seja, ele é o responsável por encontrar bons jogadores para o clube que o contrata.

Dessa forma, isso ocorre tanto no profissional quanto na base. Ainda assim, no caso das categorias de base, isso é ainda mais interessante. Principalmente quando falamos sobre oportunidades de jogar no exterior.

Assim como qualquer pessoa, os clubes europeus têm consciência de que no nosso país há jogadores de alto nível por todo lado. Por isso, eles costumam enviar seus scouts para observarem nossas competições.

Se você já foi a algum estádio em torneio de base, deve ter identificado. Por vezes, eles estão credenciados, mas nem sempre. Além disso, costumam carregar computadores, celulares ou cadernos, onde fazem suas anotações.

Via de regra, eles são nativos do nosso país ou continente, e contratados aqui. Então, assumem o trabalho de passar o ano viajando e acompanhando competições.

Dessa maneira, analisam diversos jogadores. Avaliam os que consideram mais promissores até levar a informação aos clubes. Entre os critérios, por exemplo, a juventude e a presença de dupla cidadania são diferenciais.

Para que times eles trabalham?

Outra curiosidade quando falamos sobre o trabalho do scout é para quem trabalham. Será que só servem aos grandes clubes, como Real Madrid, Barcelona, Liverpool e Juventus, por exemplo?

Leia mais:  Tudo que você precisa saber sobre peneira de futebol

Na verdade, porém, não é bem assim. Isto é, não são só os grandes clubes que possuem olheiros por aqui. Além deles, clubes médios das grandes ligas, como Sevilla e Villarreal, ou grandes de países não tão centrais, como Sporting, Porto, Benfica e Ajax são comuns.

Desse modo, perceba que há uma grande quantidade de clubes interessados. Sendo assim, ir bem nas peneiras e nos torneios de base é bom não somente para atrair a atenção dos clubes brasileiros, como também dos de fora.

Ao fim do campeonato que estão observando, estes profissionais elaboram relatórios. Mas você sabe como estes relatórios?

Em geral, eles contêm avaliações qualitativas e quantitativas. Assim, as qualitativas são o que aquele scout achou do jogador entre suas virtudes e defeitos. Já as quantitativas são feitas com base em estatísticas.

É verdade que um scout só observa os craques?

scout

Vamos combinar que, mesmo quando era jovem, não era difícil observar que o Neymar seria craque, concorda? No entanto, não são só jogadores de destaque como ele que os scouts europeus procuram observar.

Afinal de contas, tirar jogadores de clubes como Santos, Flamengo, Palmeiras, Internacional ou qualquer outro gigante do nosso país é muito mais difícil e custoso. Ou seja, se encontrarem um jogador com grande potencial e mais barato, também é um grande negócio.

É por isso mesmo que você já deve ter visto casos de jogadores brasileiros, uruguaios ou argentinos que nunca se destacaram por aqui, mas que estouraram na Europa. É fruto do trabalho do scout europeu por aqui.

Um bom exemplo é o do ex-meio campista Deco. Antes de passar por Benfica, Porto, Barcelona e Chelsea, ele teve uma rápida passagem no Brasil. Assim, no seu caso, não teve sucesso na base do Corinthians, e dali foi para Portugal.

Leia mais:  Dicas de jogadores que passaram por peneiras na Alemanha

Além disso, o goleiro Ederson, da seleção, passou por história parecida. Dispensado do São Paulo aos 15 anos, foi também para Portugal.

Mais um a ir para Portugal foi Diego Costa, ex-Atlético de Madrid e Chelsea e hoje no Atlético MG. Porém, este sequer passou pela base de times grandes antes de ir para o Braga. Estava no Barcelona de Capela.

Note, portanto, que existem vários exemplos que ensinam como as oportunidades podem surgir. Estes jogadores não eram considerados craques na base, mas deram certo. Além deles, há muitos outros exemplos de quem também seguiu sua carreira na Europa.

Por isso, siga tentando e treinando firme, e acompanhe nosso blog para mais dicas!

Você sabe com quantos anos o menor pode assinar um contrato como jogador de futebol? Você sabe quais os direitos trabalhistas que o jogador de futebol possui? Nós, da Advocacia Maria Pessoa estamos à disposição para te auxiliar! Somos um escritório de Advocacia com assessoria jurídica desportiva especializada que conta com profissionais capacitados para as mais diversas demandas. Atuamos na área do Direito Desportivo, Direito Trabalhista, Direito Cível, Direito de Família e Direito Previdenciário. Podemos te auxiliar? Entre em contato conosco e agende sua visita em nosso escritório: (11) 2403-3180, (11) 97053-3654 (Whatsapp), e-mail: maria.pessoa.lima@terra.com.br . Ficaremos honrados em atendê-lo!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply