Orientações Gerais

Saiba o que é posicionamento e tática no futebol

janeiro 20, 2022
posicionamento e tática no futebol
Compartilhe este conteúdo

Entender os elementos de posicionamento e tática no futebol são importantes para quem quer atuar nesse meio. Dessa forma, por exemplo, um atleta consegue entender melhor o que deve fazer em campo.

Por isso, preparamos essa publicação. Hoje vamos ensinar qual é a diferença entre ser um volante construtor e um volante mais focado na ocupação de espaços e recuperação de bola, por exemplo. Leia para entender!

Posicionamento, posição e função em campo

posicionamento e tática no futebol

Para começar os ensinamentos sobre posicionamento e tática no futebol, vamos começar falando sobre o que é posicionamento, o que é posição e o que é função. Sim, esses três conceitos são diferentes, embora sejam complementares.

Primeiramente, vamos pelo mais simples e fácil de entender, certo? Então, vamos focar na posição. Posição no futebol é aquilo que já entendemos bem no conhecimento popular: goleiro, lateral, zagueiro, volante, meia, ponta ou atacante.

A partir disso, as coisas começam a mudar um pouco de figura. Neste caso, vamos avançar para o posicionamento. Este termo é mais amplo do que a posição porque permite uma certa diferença na faixa que o jogador ocupa.

Por exemplo, existem meias mais preocupados em se posicionar para dar suporte aos atacantes e outros para ocupar melhor os espaços defensivos e evitar contra-ataques.

Além disso, é possível que um jogador se posicione na esfera de outro durante o jogo, com mais flexibilidade, voltando em seguida à sua posição original.

Então, se o posicionamento é o espaço que o atleta ocupa dentro do sistema tático, a função está de certa forma ligada a isso. Neste caso, nos referimos à função como as movimentações que o jogador faz em campo para cumprir determinados objetivos.

Leia mais:  Como jogar futebol em Portugal após a pandemia?

Assim surgem novos termos, como a diferenciação do centroavante fixo para o atacante de mobilidade, do volante construtor para o volante que foca mais na recuperação das bolas perdidas, etc.

Isso porque as movimentações que cada um exerce dentro de campo são diferentes umas das outras. Por isso, embora exerçam a mesma posição, o fazem de forma distinta, caracterizando uma outra função.

Um exemplo clássico é entre Busquets, do Barcelona, e Casemiro, do Real Madrid. Ambos são volantes. Contudo, o primeiro é mais construtor, enquanto o segundo é mais focado no suporte defensivo.

Estratégia e tática no futebol

Agora que você já sabe o que é posicionamento, posição e função, vamos avançar. Afinal, qual é a diferença entre estratégia e tática no futebol?

Para começar, vamos falar do termo mais usual, que é a tática no futebol. De forma resumida, ela é a forma através da qual o time se posiciona dentro de campo, de como defende e ataca.

Assim, isso se refere às organizações individuais e coletivas da equipe. Por exemplo, com relação ao sistema (como 4-4-2 para defender e 3-4-2-1 para atacar), se há marcação zonal, individual ou mista, etc.

Ou seja, a tática está ligada ao todo, a uma forma mais completa de como aquele time joga. Já, no caso da estratégia, são questões específicas que a equipe executa dentro de campo, de forma pontual e pensada de acordo com a tática.

Por exemplo, digamos que se saiba que o adversário tem problemas para defender ataques do lado esquerdo da defesa. Então, para aquele jogo em particular, podem ser realizados movimentos mais focados em cima daquele ponto fraco.

Portanto, em resumo, podemos dizer que a tática é como um modelo de jogo padrão da equipe. Por outro lado, a estratégia funciona como pequenas adaptações às quais os jogadores obedecem para cumprir finalidades específicas.

Leia mais:  Melhorar no futebol: saiba como aumentar a sua habilidade

Como analisar posicionamento e tática no futebol

posicionamento e tática no futebol

Para finalizar, saiba que existem algumas maneiras de entender como os times ou os jogadores jogam. Para isso, é claro, você precisa assistir às partidas e saber como analisar.

O ponto inicial é saber o que você deseja observar. É um jogador específico da mesma posição que a sua ou é o sistema tático como um todo?

A partir disso, procure focar sua análise naquilo a que se propõe. Então, não tente analisar todos os jogadores ao mesmo tempo e mais a tática, porque você não vai conseguir dar conta de tudo.

Quando começar a sua análise, comece a anotar as movimentações que você consegue notar da equipe ou do atleta. Com o tempo, você vai conseguir verificar os padrões. Assim, poderá aplicar ao seu jogo e terá destaque até mesmo nas peneiras.

Além disso, continue estudando para saber melhor como realizar essa análise. Hoje em dia, existe muito material positivo na internet. Para ver alguns deles, visite nosso blog!

Você sabe com quantos anos o menor pode assinar um contrato como jogador de futebol? Você sabe quais os direitos trabalhistas que o jogador de futebol possui? Nós, da Advocacia Maria Pessoa estamos à disposição para te auxiliar! Somos um escritório de Advocacia com assessoria jurídica desportiva especializada que conta com profissionais capacitados para as mais diversas demandas. Atuamos na área do Direito Desportivo, Direito Trabalhista, Direito Cível, Direito de Família e Direito Previdenciário. Podemos te auxiliar? Entre em contato conosco e agende sua visita em nosso escritório: (11) 2403-3180, (11) 97053-3654 (Whatsapp), e-mail: maria.pessoa.lima@terra.com.br . Ficaremos honrados em atendê-lo!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply