Orientações Gerais

Qual é a rotina de um jogador de e-sports?

julho 26, 2022
gamer treinando na rotina de um jogador de e-sports
Compartilhe este conteúdo

Um atleta de esporte convencional, como um jogador de futebol, tem uma rotina bem conhecida, não é verdade? Treinar, manter-se em forma, jogar, e assim por diante. Mas e a rotina de um jogador de e-sports, como é?

Na verdade, em termos de disciplina e entrega, não é nada diferente. Portanto, para ser um profissional nos esportes eletrônicos, é preciso bastante profissionalismo. Leia para saber mais!

Os treinos na rotina de um jogador de e-sports

dois jogadores sentados em frente a computador, com controle na mão, demonstrando a rotina de um jogador de e-sports

A rotina de um jogador de e-sports começa já com a intensidade quando falamos em treinamentos. Embora os jogos eletrônicos sejam uma diversão para muitos, quando se trata de modalidade a história não é só assim.

Dessa maneira, no cenário profissional, a rotina de um jogador de e-sports é bem pesada. Os treinos são longos, e chegam de 10 a 12 horas, dependendo da equipe e da modalidade do esporte eletrônico.

Além disso, esses treinamentos são divididos em diferentes etapas. Há os mais focados em aspectos técnicos (mira, uso de habilidades, etc), a análise de adversários e os treinos táticos (somente entre o time ou contra outros, como amistosos no futebol).

Vale ressaltar que, assim como funciona nos esportes tradicionais, há todo um cuidado para que o dia do jogo reflita o treinamento. E isso diz respeito a habilidades, motivação, cuidado físico entre outros.

Mudança para a gaming house

Esportes tradicionais, como o futebol, possuem centros de treinamentos, não é verdade? Nele, uma série de especialistas auxiliam os jogadores profissionais. Assim, há desde cozinheiros até psicólogos voltados para a potencializar a performance.

E no caso da rotina de um jogador de e-sports, será que isso faz parte também? Na realidade, a resposta é positiva. Nos dias de hoje, desde que você ingressa em um time que dispute competições você vai ter esse tipo de preparação.

Leia mais:  Tudo que você precisa saber sobre peneira de futebol

Dessa maneira, há uma série de atividades fora do jogo que visam ajudar no crescimento. Até porque, pela profissionalização e pelos valores envolvidos em muitos dos games, isso é assunto sério.

Lembre-se do que falamos antes da rotina de um jogador de e-sports no treino. Podem chegar a cerca de 12 horas por dia. Para aguentar isso com frequência, a cabeça tem de estar preparada, bem como as partes do corpo que realizam as funções (mãos e punhos principalmente).

Normalmente isso tudo é feito no que se chama de gaming house. Basicamente, é um lugar onde os jogadores se encontram e usufruem dessa estrutura.

Eles podem morar no local ou residir em sua própria casa e ir até lá somente para os horários dos treinos. Um caso famoso é no Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), em que a equipe de Gabriel “Fallen” Toledo e companhia se mudou para os Estados Unidos para jogar, morando juntos.

No entanto, o mesmo Fallen vivenciou prática distinta quando se mudou para o Team Liquid. Lá, morava em sua própria casa e se reunia com a equipe nos chamados bootcamps, que são treinamentos intensivos, normalmente antes de campeonatos importantes.

A vivência como streamer ou influenciador

atleta em frente ao computador fazendo streaming, que é parte da rotina de um jogador de e-sports

A rotina de um jogador de e-sports pode ter outra vivência diferente. Essa, por sua vez, é fora do servidor. Muitos deles aderem à prática de streaming ou de influenciador para conseguir patrocínio nos eSports e para se aproximar da torcida.

Um exemplo, neste caso, é Bruno “Nobru” Goes, atleta profissional de Free Fire. Hoje em dia, além de streamer e influenciador, também é proprietário da organização de eSports Fluxo, uma das mais conhecidas no Brasil.

Leia mais:  O que é e como funciona o bolsa atleta? Saiba aqui!

O direito desportivo na rotina de um jogador de e-sports

Assim como nos esportes convencionais, a rotina de um jogador de e-sports envolve uma série de contratos. Você já deve ter visto algumas ocasiões, como a entrada em uma equipe ou até mesmo uma oferta de patrocínio.

Esses dois casos, além de muitos outros, envolvem a assinatura de contratos. Para isso, é necessário ter um entendimento em direito desportivo.

Para garantir os seus interesses, clique aqui e conheça a Advocacia Maria Pessoa!

Você sabe com quantos anos o menor pode assinar um contrato como jogador de futebol? Você sabe quais os direitos trabalhistas que o jogador de futebol possui? Nós, da Advocacia Maria Pessoa estamos à disposição para te auxiliar! Somos um escritório de Advocacia com assessoria jurídica desportiva especializada que conta com profissionais capacitados para as mais diversas demandas. Atuamos na área do Direito Desportivo, Direito Trabalhista, Direito Cível, Direito de Família e Direito Previdenciário. Podemos te auxiliar? Entre em contato conosco e agende sua visita em nosso escritório: (11) 2403-3180, (11) 97053-3654 (Whatsapp), e-mail: maria.pessoa.lima@terra.com.br . Ficaremos honrados em atendê-lo!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply