Orientações Gerais

Táticas de futebol: qual a importância delas?

julho 19, 2022
desenho de campo verde mostrando táticas de futebol
Compartilhe este conteúdo

O futebol foi criado há muito tempo, sendo sempre muito popular. Por isso, é natural que, ao passar dos anos, ele fosse evoluindo, inclusive na forma como é jogado. É aí que entram as táticas de futebol e a importância que elas têm.

Dessa forma, especialmente entre os profissionais, é essa orientação das táticas de futebol que dita o que a equipe deve fazer. Ou seja, o que cada jogador deve realizar em cada momento do jogo. Entenda!

O que são táticas de futebol?

treinador com bloquinho analisando táticas de futebol

Bom, para começar, o que são as táticas de futebol, afinal de contas? Basicamente, como dissemos na introdução, elas são maneiras de orientar a forma pela qual o time deve se organizar dentro de campo.

Por isso, podemos dizer que os esquemas táticos possuem um objetivo básico de orientar o que cada jogador deve fazer. Isso está alinhado, então, com noções de posicionamento, posição e função que os jogadores possuem.

Imagine um time que joga no 4-4-2. Fica fácil de desenhar, não é verdade? Assim, os atacantes já têm uma ideia de como se posicionar, bem como os defensores e os meio-campistas também.

Além disso, vale ressaltar que as táticas de futebol não são necessariamente ofensivas ou defensivas. Elas podem variar de acordo com a estratégia que o treinador possui, bem como com o momento do jogo.

Lembre-se, também, que dentro de uma partida há quatro momentos: defender, atacar, transições ofensivas e transições defensivas. Desse modo, um time pode atacar em um esquema (como 4-2-4) e defender em outro (como 4-4-2).

Tudo depende, portanto, das movimentações que serão realizadas em campo. E tudo isso, é claro, só acontece com muito treinamento.

Leia mais:  Peneira no Brasil: como o jogador acima de 14 anos pode se preparar?

Evolução tática ao longo do tempo

Assim como já mencionamos antes, o futebol é um esporte muito antigo e que passou por diversas adaptações ao longo do tempo. Nesse período, muitas regras do esporte mudaram, bem como foi alterada a forma de se jogar.

Dessa forma, estratégias de jogo e táticas de futebol que foram usadas no passado com o tempo foram evoluindo. Assim, as ações individuais e coletivas dos atletas em campo foram sendo potencializada para o que temos hoje.

Por exemplo, de 1925 até meados de 1950 o que predominava era o chamado sistema WM. Essa era basicamente uma forma de 3-2-2-3 em que as equipes jogavam com 3 zagueiros, 2 volantes, 2 meias ofensivos e 3 atacantes.

Ele foi criado pelo técnico inglês Herbert Chapman, o qual também era professor de geometria. Essa tática de futebol foi desenvolvida para ser adaptada especialmente para a regra de impedimento, recém criada à época.

Já na Copa do Mundo de 1948 foi nascendo aos poucos a popularidade do 4-2-4, que se intensificou durante a década de 1950 e predominou até os anos 1980. Lá, então, o 4-4-2 ganhou força, bem como o 3-5-2.

Mais recentemente, com a revolução que Guardiola fez no Barcelona, o 4-4-3 se popularizou bastante. Agora, embora ainda seja muito utilizado, há outras variações que têm sido utilizadas em intensidade similar, como o 4-2-3-1 e o 3-5-2.

Em resumo, o futebol muda ao longo do tempo, e as táticas de futebol é o que ditam isso. Portanto, quem quer evoluir no esporte precisa estar atento ao que elas dizem, bem como às estratégias dos principais treinadores.

Principais táticas de futebol

treinador orientando táticas de futebol para time de crianças com uniforme azul

Provavelmente você conhece algumas táticas de futebol, como as que já citamos. Mas como elas podem funcionar na prática? Dependendo da que for escolhida, pode facilitar um ou outro modelo de jogo. Veja alguns exemplos:

  • 4-4-2: alinhado, é o típico formato inglês, e é bastante flexível. Quando em losango, estrutura mais as funções, com um volante defensivo e um meia mais avançado criando as jogadas.
  • 4-1-4-1: variação do 4-4-2, com um volante mais defensivo fornecendo maior suporte à defesa.
  • 4-2-4: ideal para laterais mais defensivos e para equipes que sustentem o jogo no campo de ataque.
  • 4-2-3-1: favorece a defesa e propicia um ataque com até 6 jogadores, sendo uma das favoritas dos treinadores atualmente.
  • 3-5-2: ideal para se defender contra equipes que jogam com 2 atacantes, liberando também os alas para atacarem.
Leia mais:  Contratos Desportivos: Análise e Orientações Jurídicas Para atletas, Clubes e Patrocinadores

Note que esses são apenas alguns exemplos. Dessa forma, há muitas outras táticas, as quais são normalmente variações destas que citamos.

Entre as táticas de futebol, qual é a sua favorita? Deixe nos comentários!

Você sabe com quantos anos o menor pode assinar um contrato como jogador de futebol? Você sabe quais os direitos trabalhistas que o jogador de futebol possui? Nós, da Advocacia Maria Pessoa estamos à disposição para te auxiliar! Somos um escritório de Advocacia com assessoria jurídica desportiva especializada que conta com profissionais capacitados para as mais diversas demandas. Atuamos na área do Direito Desportivo, Direito Trabalhista, Direito Cível, Direito de Família e Direito Previdenciário. Podemos te auxiliar? Entre em contato conosco e agende sua visita em nosso escritório: (11) 2403-3180, (11) 97053-3654 (Whatsapp), e-mail: maria.pessoa.lima@terra.com.br . Ficaremos honrados em atendê-lo!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply